Mapa

Voos para Estocolmo

Disse um dia o realizador sueco Ingmar Bergman que Estocolmo não era uma cidade mas sim uma grande vila com “ares de importante” no meio da floresta, entre lagos. Não só é cidade, e talvez uma das mais bonitas da Europa, como é o maior centro urbano da Suécia sem no entanto perder a ligação à natureza. Estocolmo é especial e vai deslumbrá-lo.

 

Qualidade de vida

A cidade foi construída sobre catorze ilhas da costa leste da Suécia e é banhada pelo lago Mälaren que aqui se encontra com o Mar Báltico. De um lado a água impõe-lhe limites que do outro são definidos por zonas de floresta e estas condições únicas fazem de Estocolmo uma cidade “respirável” onde o estilo de vida saudável tem lugar. A qualidade de vida é uma das características dominantes da filosofia quotidiana desta cidade também conhecida como uma das mais seguras, limpas e organizadas metrópoles da europa. A cidade descreve-se por contrastes. Moderna e tecnológica mas ao mesmo tempo elegante e clássica, avenidas largas definidas por arranha-céus e casas-barco de madeira alinhadas ao longo das margens, há em Estocolmo um equilíbrio espontâneo entre futuro e passado. Caminhar, cruzar algumas das 57 pontes, perder algum tempo a contemplar uma paisagem romântica nesta cidade de canais que lhe valem o epíteto de “Veneza do norte”.

 

Principais atrações

A cidade velha, Gamla Stan, é um bairro medieval de ruas estreitas, becos e vielas que foram noutros tempos o centro de Estocolmo. Igrejas, edifícios monumentais, casas coloridas, lojas, galerias de arte e livrarias servem perfeitamente o propósito de uma manhã bem passada e quando chegar a altura de repor energias tem vários restaurantes à escolha nesta que é uma das zonas mais turísticas de Estocolmo. A norte, na pequena ilha de Skeppsholmen, o cenário muda para dar lugar à extravagância da baixa da cidade que se traduz em centros comerciais, e nas maiores lojas de marcas conceituadas. É também nesta zona que se encontra o Kungsträdgården, o grande jardim central e a Central Station. É por aqui que vai andar se estiver na disposição de visitar alguns dos mais importantes museus e galerias da capital sueca mas para entrar no Museu Vasa terá de ir até à zona Este da cidade, a Djurgården. É um dos espaços de arte obrigatórios onde vai encontrar o navio de guerra que lhe dá nome. O Vasa é uma embarcação monumental com 62 metros de comprimento que data do século XVII e que não fez mais que uma viagem, afundando perto do porto de Estocolmo em 1628. O Skansen é outra das atrações da cidade. Trata-se do mais antigo e um dos melhores museus ao ar livre da Europa. O Palácio Real e o Palácio de Drottningholm, Património Mundial da UNESCO, são dois locais que deve incluir no roteiro. 

Tem flexibilidade no voo? Procure aeroportos próximos para poupar mais.

Aeroportos próximos de Estocolmo