Mapa

Voos para Londres

Como encontrar voos baratos para Londres

Para ter a certeza de que tem o preço mais barato, ao viajar para Londres, nada como utilizar a ferramenta de pesquisa «Mês Inteiro». Esta opção permite-lhe consultar os preços mais baratos em cada um dos meses do ano ou consultar os meses com os voos mais económicos, este último campo sendo especialmente útil para quem tem flexibilidade na data da sua viagem. Para utilizar esta ferramenta, terá unicamente de selecionar a opção «mês inteiro», em vez de colocar a data de partida.

 

Quando marcar a sua viagem

O serviço de Alerta de Preços é, tal como a função anterior, uma ótima forma de obter o melhor preço para a sua viagem, auxiliando-o a escolher a melhor altura para marcar o seu voo para Londres. Ao subscrever esta opção, o sistema de Alerta de Preços verifica e atualiza regularmente os preços da viagem selecionada, enviando-lhe um e-mail a informá-lo de eventuais alterações ao preço da viagem.

 

Aeroportos com voos diretos, a partir de Portugal

Existem vários aeroportos a oferecer voos diretos para Londres, tanto em Portugal Continental como na Madeira e nos Açores. Terá disponíveis, deste modo, rotas diretas para Londres a partir de Lisboa (no Aeroporto Humberto Delgado), do Porto (no Aeroporto Francisco Sá Carneiro), de Faro (no Aeroporto Internacional de Faro), de Ponta Delgada (no Aeroporto João Paulo II), da Madeira (no Aeroporto do Funchal) e do Porto Santo (no Aeroporto do Porto Santo). Outros aeroportos nacionais, como os aeroportos de Santa Maria, da Horta, da ilha do Pico e da Terceira, oferecem apenas voos com escala (geralmente servidos pela TAP ou pela SATA).

 

Companhias aéreas que voam para Londres, a partir de Portugal

São várias as companhias aéreas com voos diretos para a capital inglesa, pelo que terá apenas de considerar o seu aeroporto de partida. Do Aeroporto de Lisboa (também Aeroporto da Portela ou Aeroporto Humberto Delgado), partem voos da TAP, da Monarch Airlines, da British Airways, da easyJet e da Ryanair. No Aeroporto do Porto (ou Aeroporto Francisco Sá Carneiro), as alternativas diretas incluem a TAP, a British Airways, a easyJet e a Ryanair. No Aeroporto de Faro, encontrará voos diretos para Londres por parte da easyJet, da Ryanair, da British Airways, da Monarch Airlines, da Thomson Airways e da Norwegian. Se partir do Aeroporto João Paulo II (ou Aeroporto de Ponta Delgada), os voos diretos para Londres serão efetuados pela SATA e pela Ryanair. Se, porventura, a sua partida se fizer do Aeroporto do Funchal (também Aeroporto da Madeira ou Aeroporto de Santa Catarina), terá voos diretos para Londres operados pela British Airways, pela easyJet, pela Monarch Airlines e pela Thomson Airways. No Aeroporto do Porto Santo, os voos diretos serão exclusivamente realizados pela Thomson Airways. Noutros aeroportos, os voos com escala serão maioritariamente realizados pela TAP.

Será importante referir que os voos destas companhias aéreas irão variar consoante o seu aeroporto de destino em Londres. Poderá consultar a lista de companhias aéreas a voar para Londres para encontrar informações mais minuciosas e perceber qual o voo mais indicado para si.

 

Aeroportos

Há seis aeroportos principais na cidade de Londres: o Aeroporto de Heathrow, o Aeroporto da Cidade de Londres (ou London City), o Aeroporto de Gatwick, o Aeroporto de Stansted, o Aeroporto de Luton e o Aeroporto de Southend.

O Aeroporto de Heathrow fica a cerca de 22 km de Londres e é o aeroporto mais movimentado de Inglaterra. O aeroporto tem atualmente cinco terminais, o Terminal 1, 2, 3, 4 e 5 (sendo que o Terminal 1 não está em funcionamento), e existem três estações de metro a servi-los, uma delas fazendo ligação com os terminais 2 e 3, uma com ligação ao Terminal 4 e outra com o Terminal 5. Utilizar o Tube (sistema de metropolitano) é assim a forma mais prática de fazer a ligação entre a cidade e o aeroporto.

O Aeroporto da Cidade de Londres (London City Airport) fica a aproximadamente 11 km de Londres e é relativamente pequeno em relação aos outros aeroportos londrinos, tendo apenas um terminal. O serviço de transporte DLR (Docklands Light Railway) faz ligação com a linha ferroviária e com o sistema de metro, pelo que será fácil fazer o trajeto entre o aeroporto e a capital. Este serviço tem um intervalo de 7 a 15 minutos entre comboios.

No Aeroporto de Gatwick, a aproximadamente 48 km do centro da cidade, existem dois terminais (o Terminal Norte e o Terminal Sul). Para fazer a ligação entre o aeroporto e a cidade, poderá utilizar o serviço de comboio Gatwick Express, cuja viagem dura cerca de 30 minutos, tendo como destino a estação Victoria, no centro de Londres. Os comboios partem de 15 em 15 minutos.

O Aeroporto de Stansted é utilizado por várias companhias aéreas de baixo custo (sendo a maior base de operações da Ryanair) e situa-se a cerca de 48 km de Londres, em Essex. Este aeroporto tem apenas um terminal, mas não existem nele portões de embarque, estando estes divididos por três edifícios satélite. Para os edifícios satélite 2 e 3, poderá ir a pé a partir do terminal principal. Se quiser aceder ao edifício satélite 1 (e também ao 2), poderá utilizar o sistema de transporte entre terminais (Stansted Airport Transit System). Para fazer uma cómoda ligação entre este aeroporto e a cidade de Londres, bastará apanhar o comboio na estação do aeroporto (Stansted Airport Railway Station). A viagem demorará entre 45 e 53 minutos e os comboios partem com um intervalo de 15 minutos.

O Aeroporto de Luton encontra-se a quase 47 km do centro de Londres, e a cerca de 2 km de Luton, em Bedfordshire. O aeroporto serve de base à easyJet, à Monarch Airlines, à Ryanair e à Thomson Airways, sendo bastante popular com turistas que viajam dentro de um orçamento mais baixo. Para se deslocar do único terminal do Aeroporto de Luton para Londres, poderá apanhar vários autocarros (Green Line Coaches e EasyBus) ou utilizar a via ferroviária, uma vez que vários comboios (EMS ou Thameslink) partem da estação de Luton Parkway em direção a Londres. Existe um shuttle (pago) a ligar o aeroporto a esta estação e o percurso demorará sensivelmente 10 minutos.

O Aeroporto de Southend situa-se a cerca de 48 km do centro londrino, em Essex, e tem apenas um terminal. O aeroporto tem a sua própria estação de comboios junto ao terminal (Southend Airport Railway Station), sendo que a viagem para a cidade demorará cerca de 53 minutos.

Se, em vez de utilizar o sistema de transportes públicos, preferir um automóvel para se deslocar em Terras de Sua Majestade, poderá também consultar várias opções de aluguer no site do Skyscanner.

Se pretender mais informações sobre todos os aeroportos londrinos, poderá consultá-las, de forma mais completa, nos respetivos sites oficiais (Heathrow, City, Gatwick, Stansted, Luton e Southend).

 

Quando visitar

Seja pelas horas de sol ou pelo tempo mais agradável, a melhor altura para visitar Londres será entre finais de abril e o início de outubro. Evitará assim o frio, que para muitos torna a viagem mais desconfortável, e terá também uma menor probabilidade de ser cumprimentado pela chuva durante a sua estadia. Note apenas que, nos meses de junho, julho e agosto, a capital não só estará mais cheia (o que envolve geralmente extensas filas em algumas das atrações) como os preços das viagens e do alojamento serão geralmente mais caros. Londres, ainda assim, será uma cidade com bastante movimento durante todo o ano, mesmo nos meses invernais. Tenha atenção, no entanto, que durante os meses de inverno (apesar de os preços serem, por norma, mais baratos) algumas atrações poderão estar fechadas e que o comércio terá um horário reduzido.

 

Clima

O clima de Londres, oceânico e temperado, resulta em verões geralmente quentes, com valores próximos dos 23-24 °C. Os invernos, por sua vez, serão húmidos e trarão temperaturas frias à volta dos 7-8 °C, com ocasional queda de neve. Esta, no entanto, é menos frequente no centro de Londres, onde as temperaturas do centro urbano tendem a ser mais altas do que nos subúrbios. Note ainda que a chuva não é rara em Londres, e que, apesar de ocorrer com maior frequência no inverno, marcará também assídua presença nas restantes estações do ano.

 

O que ver e o que fazer em Londres

Em Londres, o problema não será tanto o que ver ou fazer, mas sim por onde começar. Desde pontos de interesse fulcrais como o Big Ben, o Palácio de Buckingham, a Abadia de Westminster, a Tower Bridge (Ponte da Torre) e a Torre de Londres, ou atrações como o London Eye, o Museu de Cera da Madame Tussaud, o Tate Modern ou o London Dungeon, não terá falta de locais para visitar. Além disso, esperam-no sítios icónicos como o Hyde Park, Piccadilly Circus, Chinatown ou Trafalgar Square, em todos eles podendo ver a diversidade e a riqueza do que Londres tem para oferecer. Prepare bem o seu roteiro, para conseguir experienciar o máximo desta vibrante capital europeia.

 

Informação adicional

Se quiser reservar um hotel para a sua estadia em Londres, poderá consultar diversas opções de alojamento aqui.

 

Esta informação está atualizada até maio de 2016

Os voos mais baratos para Londres de...

 London Guia de viagem

Local onde o revestimento antigo convive com o mundo moderno, Londres é cidade de luxo e extravagâncias. Tem dos edifícios mais icónicos do mundo, como o Big Ben ou o Palácio de Buckingham e os museus mais famosos, como a Tate Modern ou o British Museum. Tem longas ruas de ... Guia da cidade de Londres

 Procura uma alternativa nas proximidades?

Imagens por Flickr/az1172

Os preços apresentados nesta página são apenas os preços estimados mais baixos. Encontrados nos últimos 45 dias.