Mapa

Voos baratos para Croácia

«Verão intenso, praias e ilhas paradisíacas» - estas são as palavras mais utilizadas para descrever a Croácia. Estão todas certas. A impressionante costa croata merece todo o destaque, mas há mais para conhecer neste magnífico destino do sudeste europeu – e durante todo o ano!

O interesse pelo território croata começa desde logo pela sua diversidade, com três tipos de regiões distintas: a costa do Adrático, que se estende desde a península de Ístria até à baía de Kotor e à qual se somam mais de 1000 ilhas; a região interna e montanhosa dos Alpes Dináricos; e as colinas e planícies, a nordeste, junto às margens dos rios Sava, Drava e Danúbio.

Quaisquer que sejam as suas motivações, não será difícil encontrar pontos de interesse na Croácia. À sua escolha tem desde atividades desportivas radicais como o kitesurf, asbelíssimaspaisagens naturais e lagos paradisíacos do Parque Nacional dos Lagos Plitvice, monumentos romanos e outros edifícios históricos, uma gastronomia que inclui das mais cobiçadas iguarias do mundo, muitas festas e animação noturna e, claro, uma magnífica costa com águas mornas de tom azul-turquesa e mais de 1.000 ihas à escolha.

 

Zagreb, a cosmopolita capital

Embora seja com frequência um local de passagem para a costa litoral, a capital Zagreb merece a sua visita. É na parte alta da cidade que encontra a maioria dos edifícios históricos e igrejas, de onde se destaca a Katedrala (Catedral da Assunção da Virgem Maria).  A cidade tem ainda diversos museus e salas de espetáculos. Uma das mais visitadas é a Sala de Concertos Vatroslav Lisinski, construída em 1973. Alguns eventos anuais são: o «Animafest», festival internacional de cinema ou o «Eurokaz», festival internacional de teatro contemporâneo. 

À noite, espreite as esplanadas e bares das ruas Tkalciceva e Bogoviceva, uma espécie de Bairro Alto do sítio. Experimente um pivo (cerveja), rakia (licor da região, com vários sabores) e grapa (espécie de brandy, também disponível em vários sabores e graus alcoólicos).

Por toda a Croácia é possível identificar vestígios da presença romana e também as influências italianas, austríacas e turcas, quer seja na arquitetura, gastronomia ou até mesmo na língua falada. Outras marcas históricas mais recentes - mas talvez menos visíveis se pensarmos no atual desenvolvimento do país - são as da independência do país em 1991 e do posterior conflito dos Balcãs que durou até 1995. Atualmente, a Croácia orgulha-se de ser o 28º membro da Comunidade Europeia.

 

A costa do Adriático

Apesar da maioria dos turistas rumar diretamente para sul, há bons motivos para conhecer a zona norte da recortada península de Ístria na costa do Adriático. A região é conhecida pela gastronomia de excelência, onde se incluem as afamadas trufas brancas e pretas, as pequenas vilas pescatórias e os muitos monumentos históricos como, por exemplo, o sexto maior anfiteatro romano do mundo, mandado construir em Pula pelo imperador César Augusto (31 a.C.-14 d.C.).

Rumando a sul encontra outro ponto turístico: a ilha de Hvar. A ilha é conhecida pelo seu record de exposição solar de 2718 horas, mas não só. As videiras e plantações de lavanda que crescem nas suas colinas chamam também a atenção.

O destino mais concorrido a sul é, sem dúvida, Dubrovnik. Devidamente conhecida como «pérola do Adriático», a cidade é protegida por muralhas que criam um contraste incrível entre o azul bilhante do céu e do mar. Prepare-se para o frenesim turistico e os muitos degraus do centro histórico mas também para conhecer uma das mais belas cidades do país e um dos sete locais croatas declarados Património Mundial pela UNESCO.

Os preços apresentados nesta página são apenas os preços estimados mais baixos. Encontrados nos últimos 45 dias.