Mapa

Voos baratos de Porto para Oslo

Informação do voo de Porto para Oslo

preço de ida e volta mais barato de Porto to Oslo no mês passado

0

companhias aéreas fazem voos diretos de Porto para Oslo

5h 5min

duração média do voo de Porto para Oslo, distância total de 2441 quilómetros

Lufthansa

foi a companhia aérea mais popular a voar de Porto para Oslo no mês passado

3 aeroportos

Oslo Gardermoen, Oslo Torp e Oslo Rygge

Voos do Porto para Oslo

Esta informação está atualizada até janeiro de 2016

Companhias aéreas que voam do Porto para Oslo

Existem vários voos entre o Aeroporto Francisco Sá Carneiro e Oslo, mas, independentemente do aeroporto de destino (o Aeroporto de Torp, em Sandefjord, o Aeroporto de Oslo Gardermoen ou o Aeroporto de Rygge, em Moss) não haverá voos diretos para a capital norueguesa a partir do Porto.

Para o Aeroporto de Gardermoen, o principal aeroporto de Oslo (a sensivelmente 50 km da cidade), descolarão voos com escala por parte da Lufthansa, da SAS, da TAP (por vezes juntamente com a SAS, a Lufthansa e a SWISS), da Iberia e da Brussels Airlines.

Para o Aeroporto de Rygge (a cerca de 60 km de Oslo), todos os voos remotamente viáveis serão com escala e por parte da Ryanair, apesar de a larga maioria deles levar demasiado tempo para ser considerada.

Para o Aeroporto de Torp (a aproximadamente 120 km de Oslo), os voos com escala serão realizados através da TAP (em conjunção com a SAS e a KLM), da Lufthansa e da Brussels Airlines (ambas em conjunção com a SAS), bem como por parte da Ryanair, da SAS e da KLM.

Informação sobre o terminal

Os voos para Oslo, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro (ou Aeroporto do Porto) partem todos do único terminal do aeroporto, que é facilmente acessível utilizando o metropolitano do Porto. Terá apenas de sair na estação «aeroporto», no término da linha E (linha violeta).

Ao chegar ao terminal, caso pretenda fazer algum tempo antes do embarque, terá muito por onde escolher, quer queira dirigir-se à zona comercial (El Corte Inglés, Springfield, Mr. Blue, Pandora, Parfois, Swarovski ou compras duty free) ou à zona de restauração (Burger King, Douro – Portuguese Cuisine, Belight ou La Pausa Restaurante). Outras alternativas, no campo da cafetaria e da pastelaria, incluem o Costa, o Quioque dos Sabores ou a coffe shop Caffriccio, enquanto o Super Bock Lounge, o Medas Beer e o First Class Wine Bar oferecem escolhas atrativas para quem prefere um bar e uma boa bebida. Sinta-se também à vontade para usar o Wi-Fi gratuito (e sem limites de tempo) disponibilizado pelo aeroporto.

Terá ainda ao dispor, no terminal, um posto CTT (na área pública de chegadas), o banco Santander Totta e uma farmácia (ambos na área pública de partidas).

O aeroporto está pensado para tornar a sua partida mais cómoda, mas tenha em atenção que os avisos e horários para o embarque, apesar de serem anunciados através dos altifalantes, serão mais facilmente percetíveis se estiver atento aos monitores.

Informação prática

Mesmo não sendo um país membro da União Europeia, a Noruega faz parte do Espaço Schengen, o que significa que poderá viajar utilizando apenas o seu documento de identificação (B.I. ou cartão de cidadão), não sendo necessário um passaporte ou um visto. Recomenda-se, porém, que esteja no aeroporto uma hora e meia antes do horário de partida do seu voo com direção a Oslo, para ter tempo de fazer o check-in e passar o controlo de segurança aeroportuária.

O que esperar em Oslo

Com um custo de vida bastante mais caro do que o do Porto, Oslo tem preços substancialmente mais altos do que a cidade portuguesa. Será, deste modo, completamente normal que pague mais (bastante mais, na maior parte dos casos) pelas suas refeições em restaurantes, por todos os bens de consumo e pelos serviços de transporte. Faça o seu câmbio para coroas norueguesas e prepare-se para prováveis gastos.

O frio é possivelmente a característica que mais se associa a Oslo, com os invernos (de novembro a março) a trazerem temperaturas negativas entre os -2 °C e os -10 °C. Os verões, contudo, podem trazer temperaturas bastante mais elevadas (na ordem dos 20 °C), especialmente nos meses de junho e julho.

Apesar da distância, será apenas mais uma hora em Oslo do que no Porto, o que dificilmente lhe dará preocupações. O que lhe poderá causar alguma estranheza, porém, é o facto de a Noruega apresentar uma considerável variação no que diz respeito às horas de sol, dependendo da altura do ano. O sol pode, assim, durar mais de 18 horas no verão, mas durar apenas seis (ou menos) na estação invernal.

Os preços apresentados nesta página são apenas os preços estimados mais baixos. Encontrados nos últimos 15 dias.