Mapa

Voos baratos de Lisboa para Moscou

Informação do voo de Lisboa para Moscou

preço de ida e volta mais barato de Lisboa to Moscou no mês passado

3

companhias aéreas fazem voos diretos de Lisboa para Moscou

15

voos por semana de Lisboa para Moscou

5h 15min

duração média do voo de Lisboa para Moscou, distância total de 3902 quilómetros

TAP

foi a companhia aérea mais popular a voar de Lisboa para Moscou no mês passado

4 aeroportos

Moscou - Sheremetyevo, Moscou - Domodedovo, Moscou - Vnukovo e Moscovo - Jukovsky

Voos de Lisboa para Moscovo

Esta informação está atualizada até fevereiro de 2016

Companhias aéreas que voam de Lisboa para Moscovo

Moscovo tem três aeroportos: Domodedovo, Vnukovo e Sheremetievo, o que significa que os voos disponíveis irão variar consoante o seu aeroporto de destino.

Se estiver a viajar para o Aeroporto de Domodedovo, terá voos diretos para a capital russa por parte da TAP e da S7 Airlines, sendo os voos desta última companhia também operados pela TAP. Estes voos diretos, embora não se realizem de forma diária, terão uma boa frequência semanal. Em alternativa, terá também voos com escala para este aeroporto, sendo os mais viáveis operados pela Lufthansa, pela TAP (juntamente com a Lufthansa, a S7 Airlines ou a SWISS), pela Air Moldova, pela SWISS, pela Iberia, pela S7 Airlines e pela Vueling Airlines.

Não existe uma rota direta entre o Aeroporto da Portela e o aeroporto de Sheremetievo. Poderá, contudo, encontrar rotas com escala por parte da TAP (juntamente com a Aeroloft e a Alitalia), da Air France, da Air Europa, da Alitalia, da Brussels Airlines e da Lufthansa (estas duas últimas em conjunto com a Aeroloft).

O Aeroporto de Vnukovo também não terá ligação direta com Lisboa, sendo os voos com escala (por vezes mais de uma) operados pela TAP e pela Iberia (ambas em conjunção com a Aeroloft) e também pela Turkish Airlines.

Informação sobre o terminal

Todas as companhias aéreas a voar para Moscovo a partir do Aeroporto de Lisboa (independentemente do aeroporto de chegada) partem do Terminal 1, um terminal moderno e repleto de lojas de renome (Burberry, Accessorize, Fnac, Geox, Adolfo Dominguez, Victoria’s Secret, Swatch, Lacoste, Pandora, Ralph Lauren, Swarovski, etc.), além da loja duty free. Se preferir, porém, fazer uma refeição, o terminal oferece-lhe também uma vasta escolha de estabelecimentos, da cozinha mais tradicional à fast-food, em espaços como a Pizza Hut, o KFC, a McDonald’s, o My Bistro, o Natural Break, o Clocks, o La Pausa Restaurante ou o Go Natural. A Padaria Lisboa, a Dots Bakery, o Paul, a Versailles, o First Café e a Starbucks (entre vários outros cafés e bares) aliam-se a esta oferta, tornando difícil a tarefa de não encontrar algo que seja do seu agrado.

Se precisar, o terminal oferece-lhe ainda os serviços dos CTT, do banco Santander Totta e de uma farmácia, bem como o uso ilimitado e gratuito da rede Wi-Fi do aeroporto.

O Terminal 1, sendo o maior e principal terminal do Aeroporto de Lisboa, tem um acesso direto através da rede metropolitana. Terá apenas de seguir a linha vermelha do metro até ao final e sair na estação «aeroporto».

Informação prática

Para esta viagem à Rússia, terá necessariamente de ter um passaporte com uma validade mínima de 6 meses e um visto de entrada no país. Este visto pode ser obtido na secção consular da Embaixada da Rússia (em Lisboa), mas será sempre boa ideia consultar o siteda Embaixada para se certificar de que preenche os requisitos para a sua obtenção e esclarecer possíveis dúvidas. Para fazer o check-in, sendo este um voo longo (para um país que se estende pela Eurásia), será recomendável que chegue ao aeroporto com cerca de três horas de antecedência.

O que esperar em Moscovo

As diferenças de preço entre Lisboa e Moscovo não são muito acentuadas, no que diz respeito, por exemplo, à restauração. No campo dos bens de consumo, no entanto, apesar de haver alguma variação, a tendência será a de que estes sejam mais baratos em Moscovo (como é o caso do tabaco). O mesmo acontece, de forma inequívoca, nos serviços de transporte, que serão bastante mais económicos na capital russa. Não se esqueça também de que terá de trocar os seus euros pela moeda local: o rublo.

Com um clima continental húmido, Moscovo tem invernos longos e muito frios, de novembro a março, com temperaturas geralmente negativas (dos -4 °C aos -10°C). Os verões, no entanto, ainda que mais curtos e chuvosos, atingem temperaturas entre os 18 °C e os 24 °C, o que poderá surpreender quem espera encontrar Moscovo num permanente manto branco. Note também que os arredores de Moscovo são consideravelmente mais frios do que o centro da cidade.

Na capital russa, poderá ser duas ou três horas mais tarde do que na capital portuguesa, o que apenas dependerá da hora em Portugal. Do final de março ao final de outubro (no período de horário de verão português), a diferença será de duas horas, enquanto fora deste período a diferença será de três horas. Tendo em conta esta diferença de fuso horário, talvez seja conveniente acertar o relógio ao aterrar em solo russo. 

Os preços apresentados nesta página são apenas os preços estimados mais baixos. Encontrados nos últimos 15 dias.