Mapa

Voos baratos para Maldivas

Maldivas, paraíso tropical

Existem lugares no mundo que de tão perfeitos e encantadores parecem só poder existir nos filmes. Esta é a sua porta de embarque para um desses lugares, as Maldivas. As exuberantes palmeiras, as praias de areia branca, as águas cristalinas e as centenas de espécies exóticas que habitam os recifes de corais fazem destas ilhas um paraíso tropical único no mundo.

O arquipélago é constituído por cerca de 1200 ilhas agrupadas em 26 atóis, das quais apenas duzentas e duas são habitadas.Todas as ilhas são banhadas por lagunas de água quente e de baixa profundidade, circundadas por recifes de corais. Com temperaturas quentes durante todo o ano, as Maldivas são o destino perfeito para quem procura desfrutar do sol em cenários paradisíacos e explorar a magnífica beleza do mundo subaquático no Oceano Índico.

 

Resortspara todos

Nas Maldivas cada resort ocupa uma ilha e encontra mais de 100, à escolha. Com as mais exclusivas marcas de hotéis do mundo a disputarem entre si os turistas que fazem férias de luxo, o que não faltam nas Maldivas são mordomias. Não é por isso de surpreender que muitos casais recém-casados e todos aqueles que procuram um refúgio tropical glamoroso coloquem as Maldivas no topo das suas preferências.

Há ilhas mais indicadas para famílias, para fazer mergulho, para quem tenha um orçamento mais reduzido ou para quem simplesmente está à procura de uma experiência tranquila na natureza.

Uma boa recomendação na altura de decidir sobre a sua estadia pode ser para que aposte no turismo ecológico. Afinal, estando cerca de 80% do território do país a menos de um metro do nível água, as Maldivas estão especialmente vulneráveis aos efeitos do aquecimento global. Optar pelo ecoturismo é uma maneira de contribuir para a preservação deste lugar paradisíaco. 

Não se esqueça que o aeroporto internacional fica situado na capital – Malé - e que todas as deslocações entre ilhas são feitas de barco ou de hidroavião nos períodos diurnos. Porém, se tiver disponibilidade, não deixe de visitar a capital. As ruas estreitas e a quantidade impressionante de motas torna a comparação com o sossego da maioria das ilhas, um contraste inacreditável mas é uma boa forma de conhecer as Maldivas exatamente como elas são.

 

Malé, capital das Maldivas

Com uma área de cerca de dois quilómetros quadrados, Malé concentra um terço da população total das Maldivas, ou seja, mais de cem mil habitantes. Os principais monumentos e atrações turísticas estão concentrados no norte da ilha e podem ser todos visitados a pé.

Sendo a maioria da população de religião muçulmana não é de estranhar que o destaque seja uma visita ao Centro Islâmico e à Mesquita, cujo minarete e cúpula dourada são visíveis a partir de vários pontos da cidade. Não muito longe, Hukuru é a mais antiga mesquita das Maldivas e foi construída a partir de coral. Curioso sobre a origem do som que marca os horários das cinco rezas diárias? Espreite, perto de Hukuru, um minarete parecido com uma torre de água. Em frente à mesquita, pode também ver o antigo palácio do sultão e atual palácio presidencial.

Para conhecer mais sobre a história e a riqueza cultural das Maldivas, visite o Museu Nacional onde se exibem por exemplo vestes de antigos reis e rainhas ou artigos de pedra do período pré-islâmico.

Durante a sua visita, não deixe de passear e fazer compras em Majeedhee Magu, a avenida principal da cidade. Outros pontos de interesse são os coloridos mercados locais, ideais para encontrar desde roupa a peças de artesanato feitas em madeira, cocos, coral preto ou escamas de tartaruga. E, já agora, não perca o mercado de peixe e o mercado de frutas e legumes.

 

Mergulho

As águas cristalinas das Maldivas são um autêntico íman para qualquer pessoa com interesse na vida marinha. Aqui, encontra alguns dos melhores locais para mergulho e snorkelling do mundo. Embora qualquer período do ano seja propício para mergulhar, a época mais indicada é entre janeiro e abril. A riqueza e a variedade são surpreendentes: cardumes de peixes tropicais, raias, tartarugas, magníficas paredes de corais, tubarões - e até o maior peixe do mundo, o tubarão-baleia, pode ser visto por todo o país. A melhor parte? A água é tão quente que nem vai ter vontade de vestir o fato de mergulho. P.S: quando fizer a mala, não se esqueça da câmara subaquática!

Os preços apresentados nesta página são apenas os preços estimados mais baixos. Encontrados nos últimos 45 dias.