Mapa

Voos para Moscou

Como encontrar voos baratos para Moscovo

Encontrar o preço mais baixo para a sua viagem a Moscovo não será difícil se utilizar a ferramenta de pesquisa «Mês Inteiro». Basta que selecione esta opção no campo em que normalmente poria a data de partida e poderá consultar os preços mais baratos em cada mês ou os meses com os voos mais amigos da carteira (para quem tem alguma flexibilidade nas datas da sua viagem).

 

Quando marcar a sua viagem

No que diz respeito à marcação da sua viagem, e à procura de um preço mais económico para o seu voo, o Skyscanner disponibiliza-lhe o serviço de Alerta de Preços. Esta função permite-lhe obter informação regular e atualizada sobre o preço do seu voo (via e-mail), pelo que subscrevê-la será uma boa ideia para quem procura estar a par de eventuais alterações.

 

Aeroportos com voos diretos, a partir de Portugal

Atualmente, existe apenas uma ligação direta entre Portugal e Moscovo, através do Aeroporto de Lisboa (também conhecido como Aeroporto Humberto Delgado ou Aeroporto da Portela). Todos os outros aeroportos nacionais apenas terão disponíveis opções indiretas.

Note que, apesar de existirem três aeroportos em Moscovo, só haverá voos diretos para o Aeroporto de Domodedovo. Voos para os restantes aeroportos de Moscovo (Vnukovo e Sheremetievo) terão necessariamente escalas.

 

Companhias aéreas que voam para Moscovo, a partir de Portugal

As companhias aéreas a descolar de Portugal com direção a Moscovo (e ao Aeroporto de Domodedovo) são a TAP, a S7 Airlines (com voos operados pela TAP) e a Ural Airlines.

Apesar de não serem muitas as companhias com voos diretos para a capital russa, poderá consultar a lista de companhias aéreas a voar para Moscovo para encontrar informações mais pormenorizadas e perceber qual o voo mais indicado para a sua viagem.

 

Aeroportos

A área de Moscovo tem três aeroportos principais: Domodedovo, Vnukovo e Sheremetievo.

O Aeroporto Domodedovo, situado a 42 km do centro de Moscovo, é o maior aeroporto russo. Este tem apenas um edifício principal, dividido em dois terminais: um para os voos nacionais (Terminal B) e outro para os voos internacionais (Terminal A).

Há várias formas de fazer a ligação entre o aeroporto e Moscovo, sendo que as opções mais diretas incluirão o autocarro (que o levará à estação de metro «Domodedovskaia») e o comboio Aeroexpress (com estação no aeroporto, e ligação à estação de Paveletsky, no centro de Moscovo). O trajeto de autocarro demorará aproximadamente 25-30 minutos, enquanto o comboio demorará cerca de 40-50 minutos.

O Aeroporto Internacional Vnukovo encontra-se a cerca de 18 km de Moscovo, e tem um único terminal (Terminal A), usado tanto para voos nacionais como para voos internacionais. O aeroporto está a 35 minutos de Moscovo, via Aeroexpress, existindo uma estação no nível subterrâneo do terminal A. Este serviço de comboios diretos faz ligação ao terminal ferroviário de Kievskly, no centro de Moscovo (e à estação de metro «Kievskaia»). Terá também opções de autocarro, shuttles e táxi, se as preferir.

Por fim, o Aeroporto Internacional Sheremetievo, localizado a aproximadamente 29 km da capital, tem seis terminais, dividindo-se estes nos Terminais Norte (A, B e C) e nos Terminais Sul (C, D e E). Uma das melhores formas de se deslocar do aeroporto para o centro e vice-versa será, mais uma vez, através dos comboios Areroexpress, cujo percurso levará cerca de 30-40 minutos, tendo como destino a estação ferroviária de Belorussky. Também poderá apanhar um autocarro frente ao terminal, mas note que estes não estarão em funcionamento depois das 23:00/24:00, pelo que poderá ter de apanhar um táxi. No aeroporto, os terminais D, E e F estão interligados por galerias, e existe um serviço de transporte gratuito que faz o trajeto entre os terminais do complexo sul e os terminais do complexo norte.

Se os transportes públicos não fazem o seu género, ou se preferir, para esta viagem, um meio de transporte mais pessoal, terá também à disposição várias opções de aluguer automóvel no site do Skyscanner.

Mais informações sobre os aeroportos de Moscovo estarão acessíveis nos sites oficiais dos respetivos aeroportos (Domodedovo, Vnukovo e Sheremetievo).

 

Quando visitar

O inverno, em Moscovo, é bastante frio, pelo que, apesar de poder ver uma paisagem coberta de neve, que combina bem com a coloração das igrejas e cúpulas, ou aproveitar o Festival de Inverno da Rússia (em janeiro), terá de tolerar temperaturas muito baixas e escassas horas de luz solar. O final da primavera e o verão são assim os períodos mais procurados para viagens turísticas, quando, apesar do ocasional dia de chuva, poderá mover-se livremente pelas ruas, sem agasalhos nem receio de enregelar. No verão (em junho), terá também a oportunidade de assistir ao Festival Internacional de Cinema de Moscovo. Tenha apenas em atenção que o Dia da Rússia (a 12 de junho) fará com que os acessos à Praça Vermelha e ao Kremlin sejam condicionados.

 

Clima

A capital russa tem um clima continental húmido, com invernos frios e longos (de novembro a março), e temperaturas muitas vezes negativas (dos -4 °C aos -10°C), sendo que os arredores serão consideravelmente mais frios do que o centro da cidade. É neste período que a cidade parecerá envolta num permanente manto de neve. Os verões, contudo, trazem o degelo e um aumento das temperaturas, que passam a situar-se entre os 18 °C e os 24 °C. Note que os verões serão não só mais curtos como também mais chuvosos.

 

O que ver e o que fazer em Moscovo

Moscovo, capital da Rússia, é uma cidade impressionante, uma mistura de história e cultura onde se respira a sobriedade soviética e a opulência czarista.

Na Praça Vermelha, encontra os principais marcos da cidade, tais como a Catedral de São Basílio (o famoso e colorido ex-líbris da cidade), o Museu Histórico do Estado, o mausoléu de Lenine ou o GUM, o principal centro comercial da cidade. Mesmo ali ao lado, junto ao rio Moscovo, está o Kremlin, outro dos pontos de visita obrigatória e que impressiona pelo tamanho e pela riqueza da decoração. Além disso, existem por toda a cidade várias catedrais e edifícios que valem bem a pena a visita, como a Catedral de Cristo Salvador e a Galeria Tetriakov, o mais importante museu de arte russa.

Moscovo organiza-se em anéis centrados no Kremlin e a melhor maneira de se deslocar na cidade é de metro. O metro é, aliás, uma das atrações a não perder, uma vez que algumas das estações parecem autênticos museus e galerias de arte.

Se tiver tempo, não deixe ainda de provar a tradicional vodka e de trazer uma matrioska, a famosa bonequinha de madeira que tão bem representa a cidade, por ser, tal como ela, uma surpresa dentro de outra.

 

Informação adicional

Para encontrar e reservar alojamento na cidade de Moscovo, poderá aceder ao site do Skyscanner (aqui) e descobrir todas as opções disponíveis para a sua estadia.

 

Esta informação está atualizada até junho de 2016

Tem flexibilidade no voo? Procure aeroportos próximos para poupar mais.

Aeroportos próximos de Moscou