Mapa

Voos para Kiev

Kiev, a capital das cúpulas douradas

 

Kiev é uma das maiores e mais antigas cidades da Europa. É também a capital da Ucrânia e distingue-se pelas reluzentes cúpulas douradas dos seus muitos templos ortodoxos, os muitos espaços verdes e por ser atravessada pelo rio Dniepre - o mesmo rio que liga a Rússia ao Mar Negro.

 

Depois da sua independência em 1991, Kiev passou por uma série de mudanças que contribuíram para o aumento do turismo e a aproximação da cidade aos padrões da Comunidade Europeia. O restauro e a decoração de edifícios históricos e de avenidas, como a rua Khreshchatyk e a Praça da Independência, ou a construção de hotéis, restaurantes e bares, são alguns exemplos dessas mudanças.

 

Se há cor que mais sobressai na cidade, para além do ofuscante dourado das cúpulas já referidas, é o verde. Um imenso verde espalhado por parques, avenidas e praças arborizadas. E sempre, tudo, numa escala gigantesca. Ruas sem fim, praças enormes. Depois, ao mesmo tempo, o contraste com estreitas passagens entre prédios e os detalhes, os muitos detalhes das suas decorações – Kiev até tem um Museu de Miniaturas!

 

O que visitar

 

Um pouco por toda a cidade encontra espaços como Andriyivsky Uzviz, uma zona de comércio onde encontra objetos da arte tradicional ucraniana, artigos religiosos, jogos, livros e jóias.

 

A melhor forma de se deslocar é utilizando a rede de transportes públicos. As infraestruturas estão bem desenvolvidas e incluem autocarros, elétricose metro. As viagens de metro são obviamente as mais rápidas e combinam o prazer de poder apreciar os enormes lustres que iluminam as estações.

 

A Catedral de Santa Sofia e o Mosteiro das Cavernas (Pechersk Lavra) são os edifícios históricos mais populares, reconhecidos pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade.

 

É na Praça Bogam Hmel'nickij que encontra a bonita Catedral de Santa Sofia. O grandioso templo ortodoxo foi construído entre 1012 e 1018 com o objetivo de homenagear as conquistas ucranianas e rivalizar a sua homónima em Istambul. Com uma história impressionante no que toca a escapar ilesa a ataques, a catedral chegou mesmo a ser atingida durante a II Guerra Mundial por uma bomba. A bomba acertou no teto exatamente em frente ao magnífico mosaico da Virgem mas, talvez milagrosamente, não explodiu.

 

O Mosteiro das Cavernas foi fundado em 1051, alberga mais de 80 edifícios e a maior concentração de galerias da Ucrânia. Outras construções a visitar são, por exemplo, as ruínas da Porta de Ouro, ou a Estátua da Mãe Pátria, uma gigantesca estátua com centenas de toneladas.

 

No Verão

 

Se viajar no verão, faça uma pausa nas visitas a museus e monumentos e siga os habitantes de Kiev, na direção do sol e dos churrascos, até à ilha de Trukhaniv. 

 

E por falar em comida, aproveite para experimentar a tradicional frango à Kiev, borsch (sopa) de beterraba, a massa vareneki (massa cozida com recheio) ou o holopty (folhas de repolho recheadas). Para beber, peça um copo de kvas, uma espécie de cerveja doce feita de malta de cevada, centeio e muito açúcar. No final, faça um brinde à Ucrânia com um copo de horilka, um tipo de vodca mais forte e mais picante do que a vodca russa. 

Tem flexibilidade no voo? Procure aeroportos próximos para poupar mais.

Aeroportos próximos de Kiev