Mapa

Voos baratos para Honduras

Honduras, o paraíso tropical que aguarda por si

 

As Honduras, em tempos conhecidas pelas Honduras Espanholas, são um pequeno paraíso tropical escondido na América Central e que muitas vezes passa despercebido no meio de outros países tropicais mais divulgados como destinos turísticos.

 

No entanto, tudo o que espera encontrar num destino deste género está lá e não fica atrás em beleza nem em qualidade de qualquer um dos outros destinos em que tipicamente se pensa quando se prepara umas férias tropicais. Praias, montanhas, floresta e animais exóticos abundam no território e atraem para lá milhares de turistas todos os anos, sem contudo nos fazer sentir abafados.

 

Localizada na área de influência e berço de várias culturas mesoamericanas, como a cultura Maia, o País esteve durante largos anos sob domínio espanhol. Deste domínio sobrou a língua oficial e a cultura, que entretanto se misturou com as várias culturas indígenas moldando as Honduras naquilo que são hoje, um colorido de tradição e cultura muito próprio, que é celebrado pelos hondurenhos várias vezes ao ano.

 

Para onde voar

 

A capital, Tegucigalpa, é servida pelo Aeroporto Internacional de Tocontín. Se optar por aterrar neste aeroporto, que não fica muito longe da cidade, pode ver a parte moderna das Honduras, em constante desenvolvimento, mas também o centro histórico, onde se encontram a maior parte dos edifícios da época colonial, bem como os maiores museus e igrejas. 

 

Se prefere fugir diretamente da confusão da vida diária para o paraíso, então o Aeroporto Internacional Juan Manuel Gálvez serve uma das zonas turísticas mais procuradas, Roatán.

Com diversos alojamentos, estas ilhas oferecem uma grande diversidade de atividades para praticar, desde mergulho, pesca e ecoturismo a passeios em barcos com fundo de vidro. O West End é a zona mais trendy das ilhas e onde se localizam os principais estabelecimentos comerciais, como bares e restaurantes.

 

Do West End pode também apanhar charters para Cayos Cochinos e Utila, outros dois pontos obrigatórios de passagem. Se já ouviu a expressão «O amor e uma cabana», então isso deve ter vindo de Cayos Cochinos. As cabanas já lá estão, o resto fica por sua conta. Depois é só escolher um local ao sol e relaxar no silêncio cortado apenas pelas ondas do mar.

 

Em Utila pode dedicar-se a outras atividades menos passivas, como o mergulho por exemplo. É considerado um dos melhores locais nas Caraíbas para praticar (e aprender) esta atividade, mas para além disso pode também fazer canoagem, andar a cavalo, explorar as grutas ou fazer montanhismo.

 

E ainda

 

Existem ainda alguns outros locais por onde deve passar se tiver disponibilidade. Se for pela altura da Páscoa, recomendamos um salto a Comayagua onde as ruas se enchem de fantásticos tapetes coloridos com imagens alusivas à época.  A passagem vale a pena por estas obras de arte mas também pela animação que reina nesta pequena vila colonial.

 

Se é um amante da natureza, então a a Reserva da Biosfera do Rio Plátano é para si. Vários quilómetros de natureza virgem que albergam várias espécies de animais em perigo e até ruínas maias.

 

Finalmente

 

Deslocar-se entre os vários locais não é muito complicado uma vez que tem autocarros e comboios a preços muito acessíveis. No entanto, aconselhamos a que alugue um carro e vá, não pelos seus dedos, mas pelas suas mãos e pés conhecer este paraíso, que com toda a serenidade o aguarda.  

Os preços apresentados nesta página são apenas os preços estimados mais baixos. Encontrados nos últimos 45 dias.