Mapa

Voos baratos de Lisboa para Xangai

Informação do voo de Lisboa para Xangai

Preço de regresso mais barato no último mês

424 €

Companhias aéreas diretas

0

Duração média do voo, distância total: 10725 quilómetros

14h 50min

Companhia aérea mais popular no último mês

Lufthansa

Xangai Pu Dong e Xangai Hongqiao

2 aeroportos

Esta informação está atualizada até abril de 2016

Companhias aéreas que voam de Lisboa para Xangai

Na zona de Xangai, existem dois aeroportos internacionais: o Aeroporto de Pudong e o Aeroporto de Hongqiao. Não existe, contudo, no Aeroporto de Lisboa (ou Aeroporto da Portela), uma rota direta para qualquer um deles.

As alternativas com escala compreendem a Lufthansa, a Air France, a TAP, a KLM e a Air China, se tiver como destino o Aeroporto de Pudong. Se estiver a viajar para o Aeroporto de Hongqiao, as opções mais viáveis incluirão a Air China e a TAP (em conjunção com a Air China). Os voos para este último aeroporto, no entanto, geralmente implicam mais de uma escala, e serão, deste modo, bastante mais demorados.

Informação sobre o terminal

Os voos operados pelas companhias aéreas acima referidas, com direção à cidade chinesa de Xangai, partem, sem exceção, do Terminal 1, o terminal principal do Aeroporto de Lisboa.

Na vasta extensão deste terminal, encontrará, entre muitas lojas de reputação internacional, estabelecimentos como a Fnac, a Pandora, a Victoria’s Secret, a Burberry, a Harrods, a Lacoste e a Ralph Lauren, além da sempre prática loja duty free. Entre toda esta oferta, poderá também escolher fazer uma refeição, sendo que, para isso, terá espaços como a Pizza Hut, a McDonald’s, a Go Natural, o My Bistro, o La Pausa Restaurante e o Clocks (com pratos do chef Chakall). Outras opções, como cafés, pastelarias e bares, incluem a Padaria Lisboa, a Dots Bakery, o Heineken Grand Café, o Cockpit e a Starbucks.

Em toda a extensão do terminal, pode ainda usufruir de um serviço de acesso grátis e ilimitado à internet, com a rede Wi-Fi do aeroporto, sendo também possível utilizar os serviços de um posto CTT, de um banco (Santander Totta) e de uma farmácia.

Para ter acesso a este terminal, bastará apanhar o metro de Lisboa até à estação «aeroporto», no final da linha vermelha. À exceção de um táxi, esta será, provavelmente, a forma mais prática de chegar ao aeroporto.

Informação prática

Para esta viagem, precisará de um passaporte válido e de um visto, embora possa (para o caso de Xangai) pedir uma isenção de visto para viagens de turismo ou negócios inferiores a 144 horas (6 dias), isto se for um cidadão português. Ao abrigo desta isenção, não poderá deslocar-se a outros locais do território chinês. Se a sua estadia for maior, terá necessariamente de pedir um visto (com a duração de 90 dias) na Secção Consular da República Popular da China, em Portugal, visto este que demorará normalmente quatro dias úteis. Para qualquer esclarecimento adicional, poderá dirigir-se à Secção Consular da República Popular da China, em Lisboa, ou consultar o site da Embaixada da China, em Portugal.

Tendo em conta que se trata de um voo intercontinental, os serviços aeroportuários recomendam que chegue ao aeroporto com três horas de antecedência.

O que esperar em Xangai

Os preços em Xangai serão geralmente mais baixos do que em Lisboa, mas tudo irá depender do que está a comprar. Se estiver a fazer uma refeição fora ou a utilizar os serviços de transporte locais, certamente pagará menos do que na capital portuguesa. Nos bens de consumo, contudo, haverá uma tendência para que estes sejam mais caros na cidade chinesa. Lembre-se também de que a moeda local é o renminbi (do qual o yuan é a unidade básica).

Xangai, a maior cidade da República Popular da China, tem um clima subtropical húmido. Os verões serão assim bastante quentes (entre os 27 °C e os 31 °C), mas propensos a chuva. Os invernos, por outro lado, serão consideravelmente mais frios (entre os 8 °C e os 11 °C, com temperaturas negativas durante a noite). As melhores alturas para visitar esta cidade serão a primavera ou o outono, onde não se verificam extremos climáticos e a ocorrência de chuva é menor.

A diferença horária entre Xangai e Lisboa dependerá inteiramente do horário de verão português. Neste período (do final de março ao final de outubro), será em Xangai sete horas mais tarde do que em Lisboa. Fora dele, a diferença será de oito horas. Para não se enganar, nada como confirmar a hora ao chegar a solo chinês.

Os preços apresentados nesta página são apenas os preços estimados mais baixos. Encontrados nos últimos 45 dias.