Pesquisar voos

Tipo de regresso

Voos Baratos para Suécia

Longe vão os tempos em que para viajar para a Suécia era preciso ganhar como um sueco. Longa-vida aos voos baratos, agora pode planear uma viagem à medida da sua carteira.

A Suécia é o maior país da Escandinávia e é o terceiro maior país da União Europeia, embora a sua população seja de apenas 9,2 milhões de habitantes. As magnificas paisagens naturais dos fiordes e dos 100 mil lagos merecem destaque, mas a Suécia também tem grandes cidades: Estocolmo, a capital; Gotemburgo, a cidade que acolhe o maior porto dos países nórdicos; e Malmö.

A melhor época do ano para visitar o país é a partir do final de maio. É nesta altura que as temperaturas começam a subir e, mais importante, que o Sol se começa a pôr mais tarde, por volta das dez da noite. É a altura ideal para aproveitar os dias longos nas esplanadas e muitos espaços verdes.

Na lista de atividades mais praticadas na Suécia incluem-se desde passeios de trenó, esqui, snowboard, ou escalada, a passeios de barco, caminhadas e andar de bicicleta. Ou seja, de tudo e para agradar a todos.

 

Capital da Suécia e centro da Escandinávia

Estocolmo é conhecida pela sua beleza e pelo magnífico arquipélago com mais de 30000 ilhas. Deixe o lado moderno dos edifícios futuristas para depois e inicie a sua visita com um passeio pelo núcleo histórico da capital sueca na Gamla Stan, a cidade antiga.

Aproveite uma das esplanadas locais e faça uma pausa para a tradicional Fika. A Fika é um ritual sueco muito apreciado por qualquer visitante: uma pausa para café e bolos. Peça por exemplo um típico Kanelbulle, à letra «bolo de canela».

Na ilha de Djurgården tem dois dos mais visitados museus da cidade: o Museu de Vasa, onde pode ver um magnífico e único navio de guerra do século XVII e o Skansen, o mais antigo museu ao ar livre da Europa. A ilha de Södermalm é uma boa referência para compras. No verão, não deixe de ir dar um mergulho a Kungsholmen no Rålambshov Park Beach.

Os amantes de cinema, poderão também interessar-se por uma viagem de ferry até Visby, a única ligação para Farö, ilha onde vivia o realizador Ingmar Bergman.

 

Visitar Malmö e dar um pulinho a Copenhaga

Malmö já foi a segunda cidade mais importante da Dinamarca, depois da capital Copenhaga. Aliás, as duas estão ligadas pela maior ponte rodoferroviária da Europa. Quer isto dizer que numa viagem de meia hora de comboio, pode também visitar a capital dinamarquesa.

Em Malmö, não deixe de visitar o Museu de Arte Moderna (Moderna Museet), situado numa antiga fábrica elétrica de 1901. E, uma vez que está na terra do arenque, aproveite para saborear um dos 120 pratos que os suecos são capazes de confecionar a partir deste peixe. Se optar por um prato de carne, a sugestão recai nas famosas Köttbullar,almôndegas de carne.

 

Lapónia sueca

Parta rumo ao norte e à natureza no seu estado mais puro. Florestas de pinheiros, renas, colinas cobertas de neve e pacíficas aldeias à beira-lago fazem parte do cenário deste lugar fabuloso, onde também vivem os samis ou lapões - povo indígena do norte da Escandinávia.

Para além dos mais de 5000 lagos é aqui que encontra o Monte Kebnekaise, o ponto mais alto da Suécia, com 2115 metros. A caminhada mais popular é Kungsleden, literalmente «trilha do Rei». E é também nesta zona norte que pode assistir a dois dos mais espetacularesfenómenos naturais. Entre março e setembro, a «aurora boreal», que torna os céus noturnosbrilhantes e coloridos. Nas datas perto do solstício de verão, o «sol da meia noite», ou seja, 24 horas de sol e a certeza de uma viagem memorável.

mais

Imagens por Flickr/Gavin Anderson