Procurar

Partida

Passageiros

Classe Cabine

  • Verificar preço (novas janelas)

Voos baratos Nova Iorque

Nova Iorque, a Grande Maçã não é grande só no nome

Nova Iorque, a capital do estado americano com o mesmo nome, é uma das cidades mais populosas do mundo. A origem do nome pelo qual é conhecida, Big Apple, não é muito clara, mas o Big (grande) não causa dúvidas a ninguém. De facto, na cidade, tudo é grande. Os edifícios são grandes, as ruas são grandes, as lojas são grandes. Alguns factos curiosos revelam a sua dimensão, apelo e diversidade surpreendente:

1. O Central Park é maior do que o Mónaco.

2. Mais de 40 milhões de nacionais e estrangeiros visitam a cidade todos os anos.

3. O metro tem 468 estações e funciona 24h por dia porque «a cidade nunca dorme»

4. Lá existem mais de 45 mil restaurantes, cafés e diners (bares tipicamente americanos)

5. Aproximadamente 40% da sua população é de origem estrangeira

A cidade divide-se em cinco bairros ou distritos: Bronx, Staten Island, Brooklyn, Queens e Manhattan, cada um com um perfil demográfico e cultural diferente.

O Bronx, com cerca de 50% de população hispânica, seguido de população africana ou afro-americana (cerca de 30%), é o sítio onde nasceu o hip-hop e Staten Island é o menos populado e mais suburbano.

Brooklyn é o bairro mais populado e é famoso por ser onde se situa Coney Island, com os seus parques de diversões com montanhas-russas e rodas gigantes, e por ser uma zona balnear. Por ser muito acessível dos outros distritos, é uma das zonas de eleição para férias e fins de semana de descanso. Passeie pelo seu boardwalk («calçadão») onde existem lojas, restaurantes e bares, assim como muita animação de rua.

Queens, o maior em área, é o bairro com maior diversidade cultural, com mais de 50% da população a ser de origem estrangeira. Umas das maiores atrações da zona é o parque Flushing Meadows-Corona. Visite o estádio da equipa de basebol New York Mets e o Zoo de Queens, um zoo sem jaulas, casa de mais de 70 espécies nativas. Este bairro é um centro de cultura afro-americana, em particular do jazz, tendo sido residência de nomes como Louis Armstrong, Charlie Parker e Ella Fitzgerald. É lá que se situa Long Island, um centro florescente de arte, e o segundo depois de Manhattan.

E assim se chega a Manhattan, o mais pequeno em área, mas a jóia da coroa Nova Iorquina. O maior centro económico, artístico e cultural do País. Com os seus edifícios icónicos como o Empire State, o Chrysler e o Flatiron. Casa de alguns dos museus mais conhecidos do mundo: o Guggenheim, o Museum of Modern Art (MoMA) ou o Metropolitan Museum of Art. Local onde a Art Deco do Rockefeller Centre contrasta com a arquitetura Gótica da Catedral de São Patrício. Onde existe uma Little Italy e uma grande Chinatown. Casa dos musicais da Broadway e do Radio City Music Hall. Não deixe de ver Times Square, Madison Square Garden e a estação Grand Central.

Para o fim ficou o símbolo da cidade, a Lady Liberty, nome carinhoso pelo qual é conhecida a Estátua da Liberdade, o colosso de quase 100 metros de altura, plantado em pleno rio Hudson, e o símbolo do sonho americano, dos Estados Unidos como refúgio e terra de oportunidades para todos, e o melhor ponto para ver toda a cidade na sua grandeza.

mais

Os voos mais baratos para Nova Iorque de...

a partir de 415 € ida e volta

 Nova Iorque Oportunidades

Hotéis em Nova Iorque

Car hire in Nova Iorque

Imagens por Flickr/S J Pinkney