Voos Baratos para Malta

Malta, ou os países não se medem aos palmos

Malta, oficialmente a República de Malta é um dos países mais pequenos do mundo. Situado no Meditarrâneo, a sua área total é cerca de um terço da área urbana da capital do nosso país. Mas isso não significa que tenha pouco para oferecer.

O País é, na verdade, um arquipélago, sendo a maior das três ilhas principais conhecida por «Ilha de Malta». É lá se que localiza a capital Valeta. A cidade é considerada Herança da Humanidade pela Unesco, título que se deve às suas fabulosas fortificações e aos seus palácios, igrejas e jardins barrocos. Outros locais em Malta receberam também este título honroso da Unesco, como o Hipogeu de Hal Saflieni, um templo subterrâneo datado de aproximadamente 3000 a.C., e os Templos Megalíticos, construídos entre 3000 e 700 anos a.C que são considerados das construções mais antigas ainda de pé. 

Para além disto, o clima mediterrânico subtropical e um dos valores mais altos de horas de sol por ano na europa fazem com que este país seja um destino de férias popular, seja só para descontrair junto à praia ou para passear e conhecer.

Junto à água

Visite a Ilha de Comino. Pode apanhar um ferry para a Lagoa Azul. Imagine uma praia de águas azuis calmas onde pode nadar e até praticar mergulho. Na época alta esta praia pode ficar bastante cheia, portanto, se preferir um local mais isolado, pode sempre optar pela Baía de Santa Maria, a apenas 25 minutos a pé, mas igualmente bonita.

Visite também o pequeno paraíso que é a ilha de Gozo, uma pequena ilha rural a norte de Malta, onde a agricultura e a pesca são a atividade principal e a vida é descontraída e calma. Igrejas barrocas e casas de campo em pedra rodeadas de natureza povoam a ilha que alguns dizem ser a ilha da deusa Calipso na Odisseia de Homero. Se o é mesmo, não saberemos, mas podia ser, pela sua mística e tranquilidade, tal como Homero a descreve.

Aumentar o ritmo

Se para si férias não são só descanso e descontração, então dê um salto a Paceville. Esta localidade está feita para a noite, com ruas completas de bares, discotecas, casinos, restaurantes e cinemas. A vibrante vida noturna maltesa têm progressivamente ganho reputação internacional e é cada vez mais procurada, até porque a maioria dos locais que irá lá encontrar são de entrada livre e estão abertos até de madrugada.

Não se esqueça

De passar por Mdina, a antiga capital medieval fortificada situada numa colina no centro da Ilha. 

Lembre de que estamos a falar de um país muito pequeno em termos de área, pelo que é possível ver muito em pouco tempo. Alugue um carro e use os ferries para se deslocar entre as várias ilhas, de modo a conhecer todo o País, que é muito rico em cultura e história. Para além disso, a comida em Malta é típica do mediterrâneo, mas influenciada pela proximidade da Sicília e do norte de África, pelo que pode contar com uns fantásticos pitéus, muitos feitos com saborosos produtos locais. Vamos lá então (a) Malta! 

mais

Imagens por ramonbaile