Pesquisar voos

Tipo de regresso

Voos Baratos para Granada

Grenada, a ilha das especiarias

 

Grenada, que também pode ser chamada de Granada, mas desse modo se confunde com a cidade com o mesmo nome em Espanha, é um país-ilha nas Caraíbas, formado por uma ilha maior com o mesmo nome e seis ilhas mais pequenas. Grenada forma, com São Vicente e Grenadinas, as Grenadinas, a famosa cadeia de ilhas caribenhas.

 

Para além de Grenada, existem as outras seis pequenas ilhas, das quais quatro são desabitadas, restando Carriacou e Petite Martinique, duas joias pouco exploradas onde pode ver as Caraíbas mais genuínas ainda não desfiguradas pelo turismo em massa.

 

Grenada pertence à Commonwealth e a língua oficial do País é o inglês, no entanto, espere encontrar muitas influências francesas pois, durante mais de 100 anos, Grenada foi uma colónia deste país, tendo passado para mãos britânicas apenas na segunda metade do século XVIII.

 

St. George’s

 

A capital, St. George´s, é um bom sítio para começar uma visita. Esta charmosa cidade costeira recebe anualmente milhares de turistas, muitos chegando em cruzeiros ou iates que ali atracam. Lá pode ver, por exemplo, o Museu Nacional, contendo uma série de artefactos indígenas, e outros que relembram a história do País, como material usado no processamento da cana do açúcar ou uma banheira de mármore que pertenceu à primeira imperatriz de França, Josephine, mulher de Napoleão Bonaparte.

 

Depois pode seguir para conhecer outros vestígios da história, como as igrejas ou Forte George, construído pelos franceses. Não tem muito para ver, mas permite uma panorâmica fantástica da ilha.

 

Montanhas, vulcões, quedas de águas, termas e praias

 

A natureza está viva e de muito boa saúde em Grenada. A Ilha não é muito grande e, se organizar o seu roteiro, consegue experimentar um pouco de tudo. Pode por exemplo, começar por um passeio nas montanhas, com a possibilidade de vislumbrar os animais e a florestação invulgar que ali proliferam. Para isso, o Parque Nacional de Grand Etang é uma boa escolha e ter um bom guia indispensável para desfrutar o mais possível do passeio.

 

Depois, refresque-se com um banho numa das inúmeras quedas de água. As de Concord são ideais para nadar, mas se quiser apenas ver água em toda a sua força, então vá para as do Monte Carmel.

 

Existe um grande número de vulcões em Grenada, no entanto, a maioria está adormecida. No entanto, já se sabe, onde há vulcões, há piscinas termais. As termas salgadas, conhecidas pelo nome muito transparente de River Sallee Boiling Springs, têm água salgada a temperaturas que chegam a atingir os 35 graus.

 

No entanto, com as temperaturas altas que se fazem sentir em Grenada, é natural que lhe apeteça um banhinho na praia. Aqui não faltam locais por onde escolher, seja em Grenada, Carriacou ou Petite Martinique. Em todos eles vai encontrar praias paradisíacas, muito frequentadas mas não sobrepopuladas, onde locais e estrangeiros descansam e se divertem em grupo. Em algumas há zonas de piquenique; leve um farnel ou vá na boa fé, que com sorte ainda encontra uma família local que esteja disposta a partilhar consigo as suas histórias e o seu almoço.

 

As especiarias e o rum

 

Há quem chame a Grenada a «Ilha das Especiarias». O clima tropical moderado da Ilha é propício à cultura de várias especiarias e o cheiro, em especial o da noz-moscada, paira no ar e invade os nossos sentidos. Traga algumas e, e se tiver oportunidade, também uma garrafinha do rum local, ou melhor, traga uma garrafinha de rum local feito com especiarias. Assim mata dois coelhos de uma cajadada e fica com uma recordação desta ilha especial.

mais