Pesquisar voos

Tipo de regresso

Voos para Birmingham

Birmingham, a revolucionar o mundo desde o século XVIII

 

O aspeto atual de Birmingham, a cidade inglesa mais populosa depois de Londres, foi, apesar de ser uma cidade que remonta ao período medieval, definido principalmente nos séculos XVIII a XX. A suas ruas em tijolo vermelho gritam «revolução industrial», o que faz muito sentido sendo que a cidade foi uma das precursoras desta revolução, estando sempre na linha da frente das inovações que definem este período.

 

E a cultura e a inovação continuam vivas e de boa saúde nesta cidade. Birmingham é o segundo centro financeiro e educativo de Inglaterra e lá situam-se várias instituições ligadas às artes com reputação internacional, encontrando-se sempre na linha da frente da cena literária, artística ou musical mundial. Para além disso, tal como Liverpool está ligada ao Pop e à Beat Music, ou Manchester ao Rock, Birmingham está ligada ao Heavy Metal, sendo o local onde nasceram os Black Sabbath ou Judas Priest, por exemplo.

 

O antigo e o moderno

 

Em Birmingham o antigo e o moderno confluem naquela que é talvez a zona mais representativa da cidade, o Bull Ring. Esta é uma zona comercial, situada onde se localizavam os mercados medievais e nela encontram-se dois dos marcos da cidade.

 

Pelo antigo temos a Igreja de St. Martin. Esta igreja dedicada a São Martinho foi construída no local onde já uma existia desde o século XIII. A sua arquitetura Vitoriana atual já tem pouco do original, mas vale a pena ver, assim como o seu interior, mais simples e despojado (tal como o Santo que lhe deu o nome) do que muitas das igrejas que normalmente se visita, mas, por isso mesmo, com uma simplicidade que a torna especial.

 

Rodeando a igreja encontram-se então os edifícios comerciais. Um deles, o moderno, é o fantástico edifício dos armazéns Selfridge, uma construção futurista vencedora de prémios que, sem percebermos bem porquê, se enquadra perfeitamente no espaço. Se o seu bolso não lhe permite fazer grandes aquisições nestes armazéns, então entre só para espreitar. Só existem quatro destes armazéns no mundo e o de Birmingham é dos mais bonitos.

 

Alimentar o corpo e o espírito

 

Para alimentar o espírito, sugerimos uma visita ao Museu e Galeria de Arte de Birmingham. Para além de várias antiguidades do período medieval e de civilizações antigas, como a Grega ou a Romana, pode ainda ver pinturas de alguns pintores bem conhecidos como Botticelli, Renoir, Degas ou Rubens.

 

Se tiver tempo, pode ainda ver as Back to Backs, que é como quem diz, «traseiras com traseiras». As back to backs são um tipo de construção típica de Birmingham em que as casas eram feitas à volta de pátios, ligadas pelas traseiras, de modo a acomodar a população rapidamente crescente no período da Revolução Industrial. As únicas que sobraram são hoje conservadas como museu e estão abertas ao público para visita.

 

Depois, e como o corpo também precisa de alimento, experimente a steakhouse do famoso Chef Marco Pierre White. Se o tempo o permitir, coma no terraço, nada cai melhor com comida boa do que uma vista ainda melhor.

 

Finalmente, saia para conhecer a noite da cidade onde existem vários lugares com música ao vivo. Aproveite a oportunidade. Da maneira que Birmingham lança inovação para o mundo, nunca se sabe se não acaba a ver ao perto aqueles que serão a next big thing da cena musical internacional.   

mais

Os voos mais baratos para Birmingham de...

a partir de 74 € ida e volta

 Birmingham Oportunidades

Hotéis em Birmingham

Car hire in Birmingham